Seguidores

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012


Criar é tudo de bom! Responda a pergunta e participe da divulgação na próxima postagem.

29
Oi queridas amigas!

Espero que estejam satisfeitas com nossa divulgação!

Hoje resolvi dar uma atenção especial ao ARTESANATO!

"CRIAR É TUDO DE BOM!" Concordam??

Responda e tenha seu blog divulgado na postagem de amanhã!

Quem é sua maior fonte de inspiração e qual a técnica que você mais gosta de trabalhar?


Minhas fontes de inspiração e a importância de se valorizar o trabalho de uma criança:

Minhas maiores incentivadoras foram minha avó e minha mãe. Ambas não tinham muitas habilidades manuais, mas costumavam valorizar tudo o que eu fazia. Nunca deixaram de comprar os materiais aos quais eu usava para fazer minhas artes. Agulhas, botões, tesouras, lãs, linhas, tecidos, retalhos....e tudo que a imaginação permitir!
Aos 10 anos eu já tinha uma máquina de costura, bordava, tricotava, crochetava, fazia roupas de bonecas, colchas de retalhos e bonecas de pano. Tudo muito simples!! Não podia ver uma boneca sem roupas que logo tratava de vesti-las. Aos treze anos já tricotava blusões para meus irmãos! Todos usavam e amavam meu trabalho.
Qual o segredo?
Minha mãe trabalhava fora e costumava me deixar ir com uma vizinha para o "Salão da Igreja da Paz" que ficava próxima ao nosso apartamento. Durante muitas tardes, de minha infância, minhas companheiras eram senhoras que faziam lindos artesanatos para serem vendidos nos chás da igreja.
Aprendi várias técnicas ao longo dos anos e sou uma apaixonada por retalhos!!! Amo fuxico!
Minhas maiores fontes de inspiração foram as velhas senhoras da igreja que com tanta dedicação doavam seus lindos trabalhos para ajudarem a uma boa causa!

Hoje faço questão de valorizar todos os trabalhos de minha pequena artesã. Minha filhinha Giovanna já faz lindas artes!
Espiem o blog da pequena arteirinha!
http://atesdagiovanna.blogspot.com

Tenha todas uma noite abençoada e um sábado maravilhoso!

29 comentários:

Solange disse...

Tudo que meus olhos podem ver de colorido....de belo,delicado me faz ficar inpirada .Me inspiro com uma musica,me inspiro ao ver outros fazerem artesanato,parece criança qdo vê doce...rs
E a tecnica que mais gosto é a de modelar.Fico imaginando nosso Deus ao fazer cada ser vivente na terra sendo moldado do barro,a alegria Dele ao ver o trabalho realizado....sua criatura sendo moldada...com a maior delicadeza...o maior carinho possivel...
E esse dom Ele deu tbem aos humanos...o dom de modelar....não conseguimos imita lo na perfeição...mas cada um do seu jeitinho faz o seu melhor.
Por isso tudo que meus olhos vêem na criação em minha volta me inspira....
Siglea...bom final de semana ,beijos.

Eliane disse...

Nossa, criar é sempre tudo de bom!
Procuro reciclar, aproveitar peças antigas e ver como ficaram belas. Gosto de criar pratos bem bonitos e que o prazer de degustar seja sem palavras. Na decoração quando executo alguns projetos tento ouvir o cliente e procuro usar a criatividade para elaborar projetos que tenham a personalidade de cada um.
Bjs
Eliane

Paulinha disse...

Minha maior fonte de inspiração é minha MÃE.
Tenho a foto dela em meu blog e coincidentemente coloquei como descrição "Minha Inspiração"...
Quando comecei a fazer artesanato, ela já não estava mais conosco, mas existe um pouco dela em tudo que eu faço... Ela foi uma costureira de primeira!!! Mas eu, infelizmente, não tenho muita habilidade com linhas e agulhas...
Acabei me descobrindo fazendo artesanato com MDF, que Amo de Paixão!!! Sempre que penso em algo para fazer em uma peça, a primeira frase que me vem a cabeça é: "Será que minha mãe gostaria dessa ou daquela técnica? Dessa ou daquela cor?...
Sei que se ela estivesse aqui estaria muito orgulhosa por eu ter me interessado pelo artesanato!
Por isso, onde quer que ela esteja, me inspira sempre...
Bjs e Bom Final de Semana.

tecidinho disse...

Eu gosto de trabalhar com tecidos, não saberia dizer minha técnica preferida pois não sei muitas, meus trabalhos faço de curiosa. Adoro criar e inventar, procuro me inspirar nos lindos trabalhos que eu vejo na net, mas sem copiar. Criar é um exercício maravilhoso! Ainda quero aprender a costurar com máquina e fazer pintura em madeira. Abraço, Nivia.

Mhárcia Evart's disse...

Faço artes desde meus 10 anos, comecei com cursos de bordado que a igreja oferecia, mais tarde junto com minha mãe fizemos um pequeno curso de tricô, na adolescência minha mãe me ensinou a bordar ponto cruz e mais tarde essa minha habilidade me levou a bordar quase todo o meu enxoval. Mas a minha maior fonte de inspiração veio mesmo depois de casada e de ser mãe. Quando a minha primeira filha fez um aninho, eu fiz questão de planejar tudo, desde fazer os docinhos até fazer as lembrancinhas e os arranjos das mesa.E foi aí que meu gosto pelo E.V.A começou. Quando fiquei grávida da minha segunda filha, tive uma depressão, pois depois de 7 anos fui mãe de novo e na minha cabeça iria começar tudo de novo, depois de a minha carreira estar conciliada com todo o resto, e foi aí que a nova era do E.V.A entrou em minha vida, eu precisava ocupar a minha cabeça para não ficar pensando como seria depois do nascimento da Mariana. E hoje digo que as minhas grandes inspirações são as minhas filhas, pois foi por causa delas que comecei a trabalhar com esta arte visando tudo de lindo que eu faria para elas.

50 sorrisos disse...

Minha inspiração foi o fato de eu achar incrível aquela renda feita a mão e querer saber como se fazia. Gosto muito de fazer crochê e tricô.

Meiroka (Meire Biudes) disse...

Minhas inspirações: minha mãe e meu filho. Minha mãe sempre foi minha fã e incentivadora. Ela me deixou qdo eu estava com 6 meses de gravidez do João. Quando ela se foi, eu perdi meu norte e deixei de criar por um bom tempo. Não conseguia mais achar a minha inspiração que tinha se ido. Mas Deus mostra os caminhos mesmo qdo a gente não entende o porque das coisas: hj, meu João, com 2 anos é minha maior fonte de inspiração, seu sorriso é meu gás e o tipo de arte que eu faço é difícil definir, sou meio sem foco, gosto de fazer tudo, gosto de experimentar texturas, tintas, técnicas...comecei a me aventurar no tecido e na máquina de costura da minha mãe e tenho adorado, mas gosto mesmo de reciclar móveis e objetos. bjão! Meiroka

Marly Salgado disse...

Acho que tudo começou com minhas bonecas e uma máquina de costura pequenina que ganhei,quando tinha uns 7 anos.Com a ajuda de minha mãe fazia "coisas" para elas com os retalhos que ganhava da minha mãe.Com ela aprendi a fazer fuxico,que é o que mais gosto de fazer.Nunca fiz cursos,aprendi muito com minha mãe e também por curiosidade,por ser metida mesmo,rsrsrs.

§Van..Castro§ disse...

minha inspiração foi quando era criança com minha vózinha que hj esta no céu, ela passava horas fazendo tricotando foi quando ela me deu um par de agulhas e lãs de varias cores eu ficava ali do lado dela tricotando ..rsrsr tentando, depois qdo adolescente tinha manias de recortar reivstas e fazer colagens e assim foi sempre aprendendo coisas diferentes e sou muito curiosa nao posso ver uma novidade que quero aprender, gosto de tudo mas o croche é minha paixao aprendi sozinha e amo..

Toque de Arte disse...

Olá amigas,nossa fiquei super feliz quando vi
meu nome na lista,a e tbm conheci novas amigas e agora seguidoras tbm.
Bom pra começar me inspiro primeiro nas minhas filhas,que são tudo em minha vida.
E no começo foi tudo muito dificil,acho que a maioria das amigas,sabe o quanto é complicado conquistar a confiança de outras pessoas.
Mas a vida simplismente exige muito de nós e nos ensina a procurar novos caminhos,e depois de fazer um pouquinho de tudo,acabei me realizando na modelagem em biscuit,e outros porque é sempre um desafio,aprender novas tecnicas é maravilhosa a capacidade do ser HUMANO.
Bjs a todas.

Paula ponto cruz disse...

Olá,o que eu mais gosto de fazer é o ponto cruz,e a minha inspiração,assim como na vida,é fazer o que eu ainda não fiz,o que eu já fiz e gostei,o que eu acho mais bonito,ou simplesmente o que me pedem.Depende tanto na vida como no artesanato...da ocasião e da situação....

Criando, multiplicando, dividindo e somando ideias disse...

Linda história. Minha mãe também foi uma grande incentivadora desde quando eu era criança, pena que ela mesma desiludiu-se do artesanato, ela fazia crochê. Trabalho com crianças e as incentivo sempre. Incentivo meus filhos, mas gostaria de incentivar mais, levá-los à feiras, museus, viagens... financeiramente hj sou melhor que minha mãe quando eu era criança, tenho hj livros, revistas, lápis coloridos, papéis, entre outros sempre à mão. Entretanto ensino meus filhos a valorizar o que tem. Não tenho algo em específico, gosto do criar, da capacidade do ser humano de produzir algo bom, seja artes, artesanatos, manifestações culturais diversas, gosto das histórias que envolve cada trabalho, é uma riqueza sem fim, cada trabalho tem uma história, que fica impregnado nele e na memória de quem o fez, e assim ele será personagem sem voz de muitas outras histórias...

Paula ponto cruz disse...

Completando a resposta,uma inspiração que é bem forte é minha avó materna,Maria.Ela gostava muito de artesanato e dizia que de todas asa netas,no total são 8, só eu que havia herdado isso dela,ela faleceu há 6 anos com 88 anos de idade...saudade...

Clara Assis disse...

Nossa, Siglea. Que pergunta difícil.
Na verdade, a resposta talvez, é que seja complicada.
Durante todo dia, muitas de nós 'passamos pela vida' sem perceber toda a maravilha que acontece ao nosso redor.
E é assim que eu acho que acontece com a gente. O que nos inspira?
Nossos filhos? Nossa família? Nossos amigos? Nossas crenças?
Também. Mas o que me inspira não é só isso. É a vida e os momentos de alegria que acontecem a todo instante. A alegria e a vida que está no sorriso das nossas crianças. A alegria e a vida que está no compartilhar com nossa família. A alegria e a vida que há na convivência com nossos amigos... É isso que me inspira, Siglea!
Me inspira também a paz que muitas pessoas me transmitem e a alegria que tenho ao concluir um trabalho e ver que tanta gente gostou...

Agora, o que mais gosto de trabalhar é com modelagem...
Você ver um folha, um pedaço de tecido ou EVA, ou um pedaço de massa se transformando em suas mãos é uma coisa fabulosa!
É, talvez, muita pretensão nossa nos igualar a algo criador. Mas é um prazer indizível poder criar e produzir... Ser arteira é bom demais!!! :D

Ah, Siglea. Não sei o que acontece, mas sigo direitinho os blogs e já divulguei o link-me lá no meu blog, mas ainda não fui pra lista de divulgação.. :/

Mil Beijos, Clara :*

http://docinhodecanela.blogspot.com/ (Grupo de interesse 4)

Alessandra disse...

A vida que é uma dádiva de Deus para nós todos os dias é uma das inspirações, mas a família é tudo de bom, inspira, encanta, da força, enfim vem de Deus. Gosto muito de costurar, vivo inventando, roupas, bordados, crochê, tricô, patchcolagem, quilting. Todas essas artes me enchem os olhos.

Um beijo e boa noite!!!

http://ateliedaale.blogspot.com/

by Mari artesanatos disse...

Criar é tudo de bom....
Essa frase me fez lembrar de muitas coisas!!!
Crescí no meio das "artes"... Lembro que quando criança, ajudava minha mãe dar nó nos retalhos pra fazer tapetes de croche... E hoje, levo pra frente tudo o que aprendí e ainda aprendo!
No meio dos tecidos, linhas, cola, agulha, eva, mdfs... Esqueço do mundo, das coisas ruíns!
Acho que todos deveriam fazer parte desse mundo: Artesanato.
Gosto de ver, valorizar, cada detalhe que faço, e tbm adoro aprender sempre coisas novas, e tbm melhorar as minhas!
Ahnnn, tbm adoro a arte de reciclar, e fico babando quando vejo alguma coisa feita com isso! Meu coração fica cheio!!!
Bom criar... É tudo e mais um pouco pra mim!

Prof. Pris disse...

Olá queridas amigas!

Minha maior fonte de inspiração foi e ainda é a minha querida mãe, apaixonada por tudo o que é bonito, por muito tempo ela fez lembrancinhas maravilhosas para casamentos, nascimentos, batizados e tudo o mais. Mesmo trabalhando fora, ela dava um jeitinho de aprender por si só, nunca teve tempo para fazer um curso da arte que queria aprender, ia pela tentativa e erro, até que acertava e fazia coisas maravilhosas. Agora, segundo ela, me passou o bastão e fica toda orgulhosas das pequenas artes da filha...
Beijinhos!!!
maosdefadaleta.blogspot.com

Gabrielle de Almeida Ramos disse...

Minha inspiração para costurar acontece quando estou tensa, agitada e ansiosa. Quando sento na cadeira e olho para os tecidinhos, para a máquina de costura, parece que tudo que estava sentindo de ruim vai embora.

Me dediquei à costura no ano passado porque finalmente pude comprar a tão sonhada máquina. E com o blog, criei laços carinhosos com pessoas que já costuram há tempos e de lá para cá, aprendi bastante coisa.

Gosto de costurar coisas para a casa, como panos, capas para galão, jogo americano, para uso pessoal, decoração e agora: Tilda, pois ganhei de Natal do meu esposo meu 1º livro.

Contudo, a costura é o meu remédio.

Amo costurar, passar horas na frente da máquina criando algo que me faça feliz e surpreenda os amigos.

Beijos!

eueumesmagabrielle.blogspot.com

Nane disse...

Criar é tudo de bom, é como fazer nascer o diamante da pedra bruta, de alguns objetos avulsos e sem significado surgir algo novo com um sentido para a vida.
Bjus
Cris
http://diariodacrisnane.blogspot.com (12,15,17,21,27,41)

Jac...# disse...

CRIAR É COMO APRENDER CADA ARTE Q SE FAZ PQ PARECE Q NUNCA SABEMOS TUDO SEMPRE A ALGO PARA APRENDERMOS,MINHA FONTE DE INSPTRAÇÃO É MINHA FAMILIA PQ COMECEI PQ GOSTAVA DE FAZER TUDO Q É ARTESANAL E HOJE FAÇO POR AMOR E POR TRABALHO,MAS É SEMPRE UM APRENDISADO NA MINHA VIDA...ARTES SÃO IMPORTANTES PARA CADA UMA DE NÓS....BJOKAS

Eunice disse...

"CRIAR É TUDO DE BOM!" Concordam??
Boa Noite minha querida!
Concordo sim claro! Só não sei em qual momento sinto maior prazer, se no planejar ou no ver um projeto concluído!

Responda e tenha seu blog divulgado na postagem de amanhã!


Quem é sua maior fonte de inspiração e qual a técnica que você mais gosta de trabalhar?

Minha maior fonte de inspiração na verdade são duas: A beleza da Natureza, que de uma forma ou doutra sempre buscamos transportar para nossos trabalhos, se o prazer de sentir os efeitos deles nas pessoas que amamos. Já viu coisa mais gostosa que a alegria de alguém que recebe um trabalho nosso¿ Eu jamais vendi um trabalho meu. Sempre faço-o pensando em presentear alguém. Gosto de confeccionar com tecnicas simples. Amo o patchwork, tecnica aprendida com minha avó paterna,tudo cosido à mão, com carinho e esmero.e o crochet que aprendi sozinha desmanchando os trabalhos de minha tia, e refazendo às escondidas. Depois ela fazia de conta que estava brava, mas respeitava minha insistencia, deixando o trabalho ao meu alcance, fazendo de conta que não percebia o que ocorria, mas sempre deixando uma forma de eu entender os proximos passos.
E acho que está aí o segredo! O Amor incondicional; o prazer de sentir os efeitos desse amor transformado em arte nas pessoas. A capacidade de criar algo belo e útil a alguém!

Fique bem querida! Muita paz em seu final de semana!
http://mordoresalexandrebalbo.blogspot.com/2011/11/fazendo.html

♥ Aline ♥ disse...

Criar é tudo de bom!
É um dom , um capacidade incrível que Deus nos deu.
Esse dom nos faz abrir novas portas , dar soluções a coisas que muitos jugam sem valor..
Amo o que eu faço , tenho orgulho do que faço. Meu maior prazer e poder dividir com cada um meu trabalho.
Faço trabalhos em mdf , caixas forradas com tecido,patchwork embutido e algumas costurinhas...
minha inspiração é minha mãe ... Hum como eu amo ela...ela me mostrou esse maravilhoso mundo das artes manuais.. ela trabalha com costura ..
Agradeço a minha mae por me apoiar , e a Deus que me deu amor,dedicação,inspiração,equilibrio e que abençoa meu talento e minhas obras.

Leni disse...

Nossa, minha fonte inspiração é minha mãe, hoje com 84 anos. Que delícia, pintou tela, tecido, porcelana, desenhou, bordou.... Deu aulas até os 80 anos. Sempre me incentivou a pintar e eu nunca gostei. Mas um dia, resolvi começar e me encantei com a arte que ela me ensinou. "Te amo mãe por ter me passado sua sabedoria, e ter me ensinado a pintar" Amo a pintura em porcelana e pintura em tecido. Não me dedico mais a pintura em porcelana, pois não tenho fôrno, e na cidade onde moro ninguém tem. É a minha preferida.Senhor, que bom que me ensinaste a pintar, pois hoje sou mais sensível ao sentimento alheio. Pois a pintura nos faz enxergar além do que vemos!

Art´s da Luzia disse...

Bom dia!!!!!

Quando criança minha inspiração também foi minha mãe.
Ela fazia sapatinhos de crochê com lã para os meus irmãos e eu achava o máximo e quis aprender a fazer o crochê, com 8 anos fiz uma linda toalha de crochê com lã.
Essa lã era tirado daqueles sapatinhos que minha mãe fazia e que todos usavam até furar o dedinho, ai a gente desmanchava os sapatinhos e reaproveitava as lãs velhas, na verdade não tinha muitas condições de comprar por isso reaproveitava.
Esta toalha que fiz, minha mãe tem até hoje e ela é toda colorida e tem não sei nem quantos cantos pois foi feito sem amostra e se hoje eu for pegar pra fazer igual, é impossível....
foi assim que abri a fazer o crochê, depois fui aprender a fazer o tricô, a pintura em tecido e depois de adulta fui conhecendo este mundo maravilhoso de artesanato.
Hoje em dia me inspiro bastante na internet, com programa de televisão, com colegas que fazem artesanatos.
Eu aprendi a fazer vários tipos de artesanatos, mais hoje em dia são poucos feitos...

Siglea adorei esta ideia de partilhar, vc é maravilhosa......O dom que Deus ti deu é muito mais do que vc mesmo imagina.
Que Deus lhe abençoe sempre, e que todos os teus dons sejam renovados a cada instante.

Bjuuuuuuus excelente final de semana

Onivid Silva disse...

Adoro criar coisas novas, normalmente me inspiro em fotos e videos que vejo na internet, não tenho uma pessoa específica, mas gosto de ver de tudo um pouco. beijos

Bia Klaus disse...

Minha fonte de inspiração é minha própria casa.Quando eu era criança sempre quis uma casinha de ,mas como nunca tive transformei minha casa em uma casa de boneca,com paninhos e coisinhas fofas por todo lado.As técnicas que mais gosto são crochê e pintura em tecido.E as pessoas que mais me incentivam são meu marido que vive comprando linhas e minha filha de 9 anos que está aprendendo também a pintar tecido.

Raquel Santos disse...

Olá Siglea! Criar é maravilhoso!Sempre adorei artesanato, embora não tenha tido nemhuma referência familiar, álias, acho que meu pai era artesão e eu não sabia e acho que herdei sim um pouco dessa habilidade dele.Quando eu era adolescente meu pai fazia joguinho de estofados de brinquedo (sofá e 2 poltroninhas, mesinhas de centro e laterais e estante).Os estofados em madeira,acolchoado com espuma e forrado com plástico floridinho.Era muito bonitinho eu,minha mãe e meu irmão ajudávamos na produção, por que era rentável para família, apesar de meu pai ser militar,era uma renda extra já que a família era um pouco grande,somos 4 filhos.Sem contar que ele gostava também de enfeitar a casa,com figuras,plantas e até cascas de ovo ele pintava para enfeitar as plantas.Acho que sei de onde me vem essa habilidade.Ah...Já tem 12 anos que meu pai se foi.Mas ficou algo de bomdele em alguém da família.Bjs

Regina Relli - fundadora do Spacinho disse...

Minha fonte de inspiração são os animais, amo fazer coisinhas com o tema,aproveito e mudo o visual da minha cas ae da minha sala de aula. Bjs e um ótimo final de semana a todas BU

Rô Garbuio disse...

Oi Siglea! esse selo ficou tão lindo! Você podia fazer ele de "link-me" também para a gente colocar no blog!
Beijos
Rô Garbuio

Postar um comentário

░░░(¯`:´¯)░Obrigada por
░░(¯ `•.\/.•´¯)░░░⋰⋰Participar e
░(¯ `•.(۞).•´¯)░(¯`:´¯) Volte Sempre!
░░(_.•´/\`•._)(¯ `•.\/.•´¯) Siga o blog
░░░ (_.:._).░(¯ `•.(۞).•´¯) Deixe seu comentário
░░░(¯`:´¯)░░(_.•´/\`•._) Teremos o maior prazer em
░(¯ `•.\/.•´¯)░░(_.:._). responder
░(¯ `•.(۞).•´¯)░░░░ Deixe seu blog e email
░░(_.•´/\`•._)░░ Para que possamos
░░░(_.:._)░░░░░ retribuir a visita.

OBRIGADA!
Siglea Mallet - "Blogueiras Unidas" & Marcia - "LuzArtes".
**Unidas pelo Amor a Arte**
Parceria abençoada!

Visitas Recentes