Seguidores

quarta-feira, 17 de outubro de 2012


Pedido especial para as BLOGUEIRAS UNIDAS.

4

OI  QUERIDAS AMIGAS BLOGUEIRAS!

Recebi um e-mail MUITO ESPECIAL da MÃE e BLOGUEIRA -  Tatiane - e faço 

pessoalmente o pedido de DIVULGAÇÃO deste blog! Vamos divulgar esta  

história emocionante e trágica que trata da perda de um ente 

querido e da deficiência da SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA.

Visite, siga e compartilhe, por favor! 



A meta do blog esta a altura do nosso amor por ela, a meta de todo esse trabalho é tentar mudar alguma coisa na saúde desse Brasil, é tentar ajudar outros bebês que irão precisar de leitos de UTI, é tentar dar algum consolo a mães e pais que passam por esse sofrimento, sabemos que é difícil mas temos que tentar não é, contamos com você.

**Depoimento do pai de Helena**


Queria contar para quem ainda não sabe o que houve com nossa linda Helena...queria que você por um instante se colocasse no nosso lugar, que olhasse pro seu filho e imaginasse nossa realidade... Eu e minha mulher estamos juntos a mais ou menos quinze anos, ficamos planejando ter nossa menina por muito tempo , nos programamos, deixei de minha profissão para poder dar a elas o conforto de um lar.Minha esposa e eu escolhemos tudo a dedo, desde roupinhas até a chupeta que ela iria usar, nove meses preparando a chegada dela, fizemos filmagens desde o quarto mês de gestação, o primeiro abraço, o primeiro banho, até a saída do hospital, afinal quando ela tivesse adulta iria adorar ver o quanto ela foi esperada o quanto foi amada desde que descobrimos que ela viria, até diário de gravidez minha esposa fez, com os primeiros chutinhos e outras coisas...tudo ia muito bem até o primeiro exame com o pediatra que detectou um sopro em seu coração, nos encaminhando para uma cardiologista. Depois de todos os exames feitos, remédio pronto fomos para a nossa casa, tudo normal, até na ultima tarde que ela estava conosco ficamos no sitio onde os avós maternos trabalham, foi a primeira e unica vez que ela saiu a passeio em seu carrinho...na parte da noite ela mamou muito pouco e dormiu quase a noite toda, não estranhamos na hora, mas pela manhã quando acordamos ela ainda estava dormindo, ou pelo menos parecia, quando olhamos pra ela, ela estava sem cor e gelada...só gemendo, na hora não achamos que fosse tão sério, tanto que eu mesmo fui dirigindo até o hospital,se eu imaginasse o que estava por vir... chamamos os sogros e fomos direto para gravataí, chegando la, esperamos na emergência por uns instantes, agora imagine você olhando pro seu filho rescem nascido quase sem forças, gelado sem cor, como morto...até sempre comentamos que o dia em que vimos nossa pequena no caixão ela estava mais corada que quando baixou no hospital, esperamos por uns dez minutos sei lah, quando acontece uma coisa dessas perdemos a noção do tempo,os minutos parecem eternos, quando finalmente a levaram para a pediatria parecia que tudo estava se resolvendo, o dia foi passando e agente simplesmente olhando ela se definhar em cima de cama de hospital, minha menininha olhava pra mim como quem diz: "pai me tira daqui" cheia de aparelhos...e eu ali simplesmente olhando sem dizer nada, sem ter nenhuma reação que pudesse amenizar a dor dela, você consegue ter noção do que é isso???do quanto você se acha um inseto sem valor, o quanto doi saber que você não conseguiu proteger sua própria filha, que não depende de você a quantia que quer salvar alguém, agente fica tão anestesiado senão acredito que não aguentaríamos, e passou-se a tarde e a unica frase que escutavamos:"não há leito no estado"e eu e minha esposa olhando pros olhinhos dela sem brilho já...sem forças de aguentar mais a espera, e ter que se conformar que saúde no estado, no pais é assim mesmo, no fim da tarde vimos uma agitação dos enfermeiros e médicos e pediram que nos retirassem, foi a ultima vez que vi ela com o coração batendo, saimos da sala e angustia era horrenda, ficamos no corredor, lembro que perguntei a uma enfermeira e ela disse que não sabia me responder como estava minha bebê, ficamos com medo mas parecia que ainda escutávamos os aparelhos dela funcionado, quando passou a segunda enfermeira e perguntamos como a Helena estava ela nos respondeu:"o medico vai vir falar com vocês"...no momento tu não quer acreditar, achamos que ela tinha entrado em coma, quando o pediatra saiu e nos olhou disse:"nós não conseguimos"...não era real só o que a dizer...tu pensa Deus não ia fazer isso...quando chegamos para ve-la ela estava quentinha ainda pobrezinha, chegamos a nina-la.....´surreal...................fomos para a funerária fizemos tudo e fomos pra capela esperar o corpo....quando abriram o cachãozinho...........ela aprecia uma boneca na caixa...é uma sena que pai nunca mais ira esquecer, o primeiro macacão dela também foi o que a acompanhou...e eu ali olhando minha esposa debruçada sobre o caixão dela e seus seis cheios de leite molhando a blusa...e eu sabendo que não pude fazer nada...nossa vida acabou ali, tudo o que tínhamos de bom foi com ela é uma dor que agente perde o tino da realidade e não sei se um dia consegue recuperar...nunca vamos recupera-la, não importa o que façamos ela nunca mais ira voltar, mas podemos ajudar outras bebes a não passar pelo que ela passou e ajudar a outros pais que ainda não sabem que seu bebes irão precisar de leito de uti...assim honramos a memória dela, assim sua morte não terá sido nula..


4 comentários:

Brasileira sim Senhor disse...

Oi querida o há de se dizer , uma terrível perda que poderia ter sido evitada. Que Deus continue iluminando o coração desses pais!! Vou ajudar a divulgar também. Super bjs

edyjane disse...

oi querida,eu também já passei por momentos como esse.Perdi minha filha com um aninho que teve leucemia,foi muito dificil.
Quando li esta postaguem minha vista embaraçou de lágrimas...
Não tem como apagar a dor de perder um único filho.

amada helena disse...

Vim aqui novamente para agradecer pela sua boa vontade e solidariedade, e peço desculpas a cada mãe que lê esse relato e fica triste, mas tivemos que contar como aconteceu para que assim agente possa tentar fazer alguma coisa, agradeço a cada uma de vocês que tem visitado o blog dela, e ajudado na divulgação, muito obrigada de coração, em especial a querida Siglea, que mesmo com todo o sucesso de seu blog tirou um tempinho para nos ajudar, um grande abraço a todas e que Deus abençoe suas famílias.

Ana Brito disse...

Neste país o descaso com a vida do ser humano é muito grande!Qtas vidas inocentes já se perderam e continuam se perdendo!Não sei até quando os políticos vão continuar ignorando as necessidades dos cidadãos que votam neles!Infelizmente é assim mesmo que acontece no Brasil!!!!Sinto muito pela perda da menininha e rezo para que Deus dê muita força aos familiares para superarem tamanho sofrimento!Abraço!

Postar um comentário

░░░(¯`:´¯)░Obrigada por
░░(¯ `•.\/.•´¯)░░░⋰⋰Participar e
░(¯ `•.(۞).•´¯)░(¯`:´¯) Volte Sempre!
░░(_.•´/\`•._)(¯ `•.\/.•´¯) Siga o blog
░░░ (_.:._).░(¯ `•.(۞).•´¯) Deixe seu comentário
░░░(¯`:´¯)░░(_.•´/\`•._) Teremos o maior prazer em
░(¯ `•.\/.•´¯)░░(_.:._). responder
░(¯ `•.(۞).•´¯)░░░░ Deixe seu blog e email
░░(_.•´/\`•._)░░ Para que possamos
░░░(_.:._)░░░░░ retribuir a visita.

OBRIGADA!
Siglea Mallet - "Blogueiras Unidas" & Marcia - "LuzArtes".
**Unidas pelo Amor a Arte**
Parceria abençoada!

Visitas Recentes